© Tribeca - Direitos Protegidos.

Localização

Estrada Três Pontas - Santana da Vargem - Km 10 -  Minas Gerais - Brasil

UM POUQUINHO DA HISTÓRIA

"Como começar a falar desta fazenda, que tanta história tem para contar! Tudo começou com Antônio Aureliano Chaves de Mendonça e Vivi Sanches de Mendonça, meus queridos pais. Ele, nascido na cidade montanhosa de Três Pontas e ela em Itajubá, ambas localizadas no Sul de Minas Gerais. Essa é uma região muito famosa pela beleza de suas paisagens e pelas extensas plantações de café. Desde criança, Aureliano frequentava as fazendas dos tios e já demostrava um grande amor pela terra. Embora sua formação profissional tenha sido engenharia elétrica e mecânica e, alguns anos mais tarde, tenha se dedicado à atividade política, manteve sempre o sonho de um dia adquirir sua própria fazenda."

"Assim que surgiu uma oportunidade, há cinquenta anos atrás, em 1967, ele o fez. Minha mãe contava que seus olhos brilhavam quando falava da Fazenda da Serra e logo eu mesma pude observar este brilho no seu olhar. Lembro-me muito bem da primeira vez que lá pisei, a sede tinha uma pequenina casa, com um jardim florido, simples assim, mas para uma menininha de quatro anos, aquele lugar parecia encantado, repleto de aventuras e fantasias. Com minha imaginação bastante aguçada, fazia dali um verdadeiro paraíso terrestre."

"Papai foi me passando um pouco da realidade cafeeira. Levava-me nas lavouras, mostrava-me os pés de café e respondia com bastante paciência às intermináveis perguntas de uma garotinha muito curiosa. Ele conhecia em detalhe cada lavoura, cada talhão de café e eu fui me apaixonando ainda mais por aquele lugar, que para mim se tornava cada dia mais mágico. Na época da colheita, os terreiros ficavam cheios de café e era muito gostoso ali brincar. Minhas férias eram sempre na fazenda, mesmo depois do papai tornar-se um homem muito importante; não trocava alguns dias na Fazenda da Serra por nenhum outro lugar. Ele dizia que a fazenda prolongava a sua vida."

"Este amor todo pela Fazenda da Serra foi passado para o meu marido, Renato, que tanto contribuiu e contribui para melhorar cada vez mais a qualidade das nossas lavouras e do nosso café, sempre atento aos mínimos detalhes, e para as nossas filhas Renata, Danielle e Priscila, que ali tiveram a alegria de viver alguns dos melhores momentos de suas vidas. Hoje, juntos, formamos uma equipe comprometida com a excelência na produção de um café de qualidade, com sustentabilidade, cuidando das matas e nascentes; cultivando, para o nosso consumo, uma horta e um pomar orgânicos."

Procuramos fazer da Fazenda da Serra um local agradável de se viver e trabalhar. Todos, juntos, em prol de um ideal: um café super-especial, que encha de alegria e prazer o paladar de quem o experimenta, fixando na memória e no coração o café TRIBECA. "

Escrito por Maria Cecília, uma das proprietárias da Fazenda da Serra e idealizadora do Café Tribeca.